terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Chovendo no molhado (só não tem água na cisterna)


Faltam três anos e meio para a Olimpíada do Rio de Janeiro e ninguém sabe até hoje que destino será dado ao Conjunto Desportivo Caio Martins. Sabe-se que ele não está incluído na relação de locais de treinamento das delegações olímpicas e que foi entregue, pelo Governo do Estado, à administração da Universidade Federal Fluminense.

A pergunta que não para de gritar é: se os responsáveis pelos jogos e pelos governos não destinaram o CDCM a ser usado, de alguma forma, nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, para que o teriam destinado, afinal?

Retorno, pois, à postagem “Caio Martins: Sede olímpica da construção em altura?” Para ler, basta clicar no link:




Nenhum comentário:

Postar um comentário