quarta-feira, 6 de março de 2013

Pólo Comercial de Santa Rosa defende o aproveitamento olímpico do Caio Martins


Em mensagem dirigida a este blogueiro, o presidente do Pólo Comercial Santa Rosa, Sr. José Manuel, relata a insatisfação dos comerciantes do Pólo com a situação do Conjunto Desportivo Caio Martins, exigindo uma

definição para esta maravilhosa arena, que está à deriva e o que é pior, às vésperas de uma Copa e uma Olimpíada na cidade vizinha. Isto para nós é um desaforo e ao mesmo tempo um desafio: tentar colocar Niterói no calendário internacional de eventos.”

Afirma, também, o presidente do Pólo que

“nós e outros pólos, a saber, Pólo Jardim São João e o Pólo gastronômico Jardim Icaraí estamos pensando em começarmos a nos reunir para discutir quais as medidas que podemos tomar para evidenciar a cidade de Niterói nestes dois eventos e tentar encontrar uma solução definitiva para o Caio Martins.”
Comentando a tese do blogueiro de que “só com a reestruturação do CM como equipamento desportivo integrado à vida da cidade, com arena multiuso, piscina olímpica, quadras desportivas e áreas verdes é que poderemos legitimamente falar de um ‘legado olímpico’ para Niterói”, o Sr. José Manuel diz que
“a nossa idéia também é a de não permitir a venda à iniciativa privada, muito menos a instalação em sua área, de um shopping. Para nós é fato impensável. Comungamos com as suas idéias sobre a utilização e achamos que é perfeito também para feiras internacionais ou eventos públicos de grande categoria. Note que para assistirmos um show internacional padrão 'Cirque du Soleil' ou outro como 'André Rieu' ou ainda um 'Rock In Rio', só para exemplificar, a população niteroiense tem que se deslocar ao Rio, ou melhor, até á Barra da Tijuca e deixar o seu dinheiro em outro município, levando progresso a outra cidade. Queremos sepultar de uma vez o estigma de "cidade dormitório" porque é isso que as construtoras estão fazendo com Niterói. Isso, em nosso ponto de vista, não é progresso. Ou seja, levamos progresso e importamos criminalidade. Não é por aí. O Caio Martins pode e deve ser uma arena multiuso esportivo para seus cidadãos, mas também pode e deve resgatar os grandes eventos mundiais. Uma vez que o Estado vai sediar uma Copa e uma Olimpíada, nada melhor que este momento para repensar a nossa arena pública como indutora de progresso à nossa cidade."
Com a palavra, o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, o governador do Estado do Rio de Janeiro, o reitor da Universidade Federal Fluminense e o prefeito de Niterói.




Um comentário:

  1. Um comentário para colocar os pingos nos "I's". A Olimpíada é do Município do Rio de Janeiro, pois é um evento da Cidade Sede. Eu sou Niteroiense e gostaria de ver o CM utilizado e aproveitado da melhor maneira possível, mas por ser Niterói muito perto do Rio, é inevitável que os investimentos em grandes eventos tendam a ser feitos no Rio. Mesmo que o evento da Olimpíada não fosse Municipal, acho que essa demanda do Presidente do Pólo Comercial de Santa Rosa está um pouco atrasada.

    ResponderExcluir