quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Moradia no Porto do Rio: futuro incerto



Deu n’O Globo online 
por Ludmilla de Lima 25/12/2014 

Porto Maravilha ainda não atrai empreendimentos residenciais

A Cdurp informa que há 65 projetos para moradia licenciados, mas apenas um foi entregue e outro está com as obras paradas

Porto Maravilha - Mapa de Usos
O vaivém de operários é intenso no Porto Maravilha, onde os primeiros arranha-céus começam a transformar a paisagem. Ali, o futuro parece já dar as caras para os mercados comercial e corporativo, porém, no que diz respeito a empreendimentos residenciais, a região ainda é um deserto. A Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp) informa que há 65 projetos para moradia licenciados. Desses, um é o Porto Vida, cujas obras estão paradas. Os 64 restantes são de interesse social, inseridos no programa Minha Casa Minha Vida, mas apenas um conjunto, na Rua Nabuco de Freitas, foi entregue. A Cdurp destaca que outros dois estão em fase de contratação pela prefeitura. No entanto, não há, além do Porto Vida, nenhum empreendimento residencial da iniciativa privada com licença da Secretaria municipal de Urbanismo.
Diante da quantidade de grandes obras que seguem a pleno vapor no Porto (são pelo menos oito em andamento), resta a espera pela guinada de construções habitacionais, já que a essência da requalificação do Porto Maravilha está justamente na mistura de gente morando com empresas e serviços funcionando. (Continua)

Leia a matéria completa em


2014-12-25 


Nenhum comentário:

Postar um comentário